Margaret Pelicano

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Poema do Jorge Humberto

EM 2003 RECEBI DO AMIGO JORGE HUMBERTO ESTE POEMA QUE MUITO ME EMOCIONOU! Obrigada amigo!

AS MÁSCARAS DE MARGARET

(à Margaret Pelicano)


Dama de fino trato
E delicadeza no gesto,
Contemplativa e pertinaz,
De um humor refinado
Nas estepes da sua imensa
Sabedoria,
Voluntariosa e amiga,
Mulher, menina e moça,
Amante do reino
Das mil e uma fantasias,
Experimentada poetisa,
De saber urbano,
Ofélia de todo o vate,
Camélia de Dumas,
Nos Diálogos com Platão,
Madre e filha de toda a palavra,
Ave que transportas
Changrilá no botão dos teus lábios,
Quem dera ao Mar
Ter do Garrett,
A excelsa presença,
Com que o poeta te pudesse cantar.


Jorge Humberto
(28/12/2003)

A assinatura é presente da Regina Lu - grata

Marcadores: ,

escrito por Margaret Pelicano às 18:27

2 Comentários:

Oieeeeeeeeeee migaaaaaaaaaaa
Parabéns pelo seu blog. A Deise me deu o endereço. Adorei. Tenho 1 gigafoto, se quiser passar lá terei o maior prazer www.anasempre.gigafoto.com.br
Beijinhos e bom fim-de-semana
Ana, sempre!!!

11 de janeiro de 2008 12:37  

É sempre bom ver um poema do Jorge em qualquer lugar que seja. Ainda acho que, além da divulgação pela net, seria interessante fazer um livro impresso, especialmente dos melhores!

11 de janeiro de 2008 14:29  

Postar um comentário

<< Home

poesias, contos, crônicas, cartas